o futuro do marketing digital

O futuro do marketing digital: A sua empresa está preparada?

Muito do que era tendência esse ano passou a não ser, o consumo mudou, as pessoas mudaram e são muitas as perguntas, e eu quero acrescentar mais uma a lista: a sua empresa está preparada para o futuro do marketing digital?

Confesso que fiquei um bom tempo refletindo como começar a escrever sobre isso sem parecer repetitiva. Esse ano (2020) está acontecendo tanta coisa que gerou tantas incertezas em diferentes aspectos da vida, sobretudo, no viver empresarial e comercial.

Uma das grandes incertezas é sobre o futuro do marketing digital, pois o modo de consumir das pessoas mudou muito, logo, o modo de alcançá-las mudou também. Não estou falando isso somente para o período da pandemia e sim por um bom período depois.

A mudança em hábitos de consumo

Fazia algum tempo que as coisas já vinham mudando, lembro que em novembro, no RD Summit de 2019 (maior evento de marketing e vendas da América Latina) muito se falou de estratégias e ideias que estão fazendo muito sentido agora.

Com a pandemia, muitos olhares se voltaram para o digital, isso falo do consumidor e do empresário.
O seu consumidor está mais tempo na internet, isso vale para uso recreativo, profissional e para comprar, já que existe as restrições do distanciamento.

O aumento das compras através de canais digitais

Uma pesquisa feita pelo Compre&Confie mostra que durante a pandemia compras online aumentaram tanto que fez o e-commerce crescer 71%.

E dados levantados pela consultoria Kantar apontam que as lojas podem se beneficiar desse hábito de compra online. O que a pesquisa mostra é que o e-commerce veio para ficar, pois o número de pessoas que aumentaram compras online foi de 19% a 34%, isso logo no período de abril/maio, e que esse dado está crescendo ainda mais.

Diversas categorias têm ganhado espaço neste meio de consumo digital, como bebidas, comidas, cosméticos e até mesmo medicamentos. Observe na imagem abaixo:

comportamentos do consumidor na pandemia

Falando de canais mais gerais, 56% das pessoas afirmam que a crise do Coronavírus ajudou a adotar melhor a tecnologia no dia a dia.

Alguns dos hábitos que as pessoas querem manter depois da pandemia são divididos em diversas categorias, como autocuidado, higiene, cuidar melhor da saúde, mas quero citar mais especificamente que 46% querem manter o hábito de compras online e 28% querem manter o uso mais constante das mídias online.

O uso das redes sociais

Outra coisa que mudou bastante é o modo como as pessoas usam as redes sociais. Um estudo feito através da consultoria Kantar com mais de 25.000 pessoas, aponta que uso de redes sociais como Instagram, Facebook e Whatsapp cresceram em 40% nesse período.

As redes sociais vêm favorecendo o uso profissional para quem está trabalhando em casa (home office) e também para o uso recreativo. O aumento de cursos, vídeo chamadas e lives influenciaram bastante nesse número também.

Um outro fato sobre uma rede social específica, chamada Tik Tok é que durante a pandemia essa rede se destacou e cresceu muito.

Sendo uma rede de vídeos mais divertida, onde é possível encontrar diversos tipos de conteúdos como coreografias, desafios, dublagens e claro, algumas empresas e profissionais aderiram ao uso e somam com seus conhecimentos também.

O futuro do marketing digital

Agora que você já sabe sobre os impactos da pandemia nos hábitos de consumo é importante falar sobre como isso impacta o seu modo de vender.

Como falei no início do texto, muito do que foi falado no RD Summit de 2019 por diversos profissionais se encaixa perfeitamente no contexto que estamos vivendo e qu. Esses temas são: o digital está mudando o jogo e vai mudar muito, a importância do inbound marketing, a relevância dos anúncios e o poder do marketing humanizado.

Falei sobre essas temáticas abordadas no evento para destacar que isso que já era reforçado antes, agora é o que está fazendo diferença para as empresas se manterem vendendo nessa crise.
Existem outras tendências para o futuro, mas de nada adianta eu falar delas agora se você ainda não entendeu a relevância das que citei acima.

O jogo é o digital e sua empresa o jogador

Uma analogia interessante de fazer é imaginar que existe um jogo, e ele é o digital, agora imagine sua empresa como jogadora. Quanto mais você se especializa no jogo mais longe você vai chegar. Mas se sua empresa não está jogando os seus concorrentes estão e cada vez avançando mais.

Existem diferentes tipos de níveis e desafios que exigem adaptações, com isso, podemos colocar a pandemia como um obstáculo, logo, você não vai parar de jogar e sim se adaptar.

Em termos de marketing e vendas, o que quero falar é que mesmo estando em um momento delicado não significa que sua empresa deve parar de vender e sim buscar maneiras de enfrentar isso e se reposicionar no mercado. E claro, seguir ainda mais forte.

A readaptação pode se dar de começar a aparecer digitalmente, tendo uma plataforma de vendas online, por exemplo. Já ficou mais do que claro a importância disso com os números que citei acima. Infelizmente esse é o momento que sua empresa tem para se posicionar e se isso não acontecer, é bem provável que não vai durar muito no mercado.

Ir para o digital não se resume somente em uma plataforma, exige aparecer de outras formas, investindo em canais de comunicação com uma boa gestão de redes sociais.

Até entendo se você, gestor de empresa que está lendo esse material, enfrenta dificuldades em manter ou implementar isso por falta de conhecimento ou de equipe. Contudo, para isso existem agências especializadas nesse assunto, como nós da Ozorio. Oferecemos aos nossos clientes desde gestão de redes sociais até implementação de uma plataforma de vendas digital. Basta entrar em contato.

O marketing humanizado vai estar cada vez mais presente

Uma das coisas que muitas marcas grandes já estão botando em prática é a comunicação mais humanizada. Esse tipo de comunicação é baseada em se mostrar mais próximo do cliente, agregando valor com conteúdos relevantes e sendo empático tanto na hora de vender quanto em um pós venda. O marketing humanizado consiste em 3 pilares, são eles: emoção, empatia e ética. É possível alcançar esse tipo de estratégia oferecendo conteúdos que contam histórias e que envolvam o seu cliente fazendo com que ele se sinta próximo de sua empresa. Outros fatores incluem dar boas respostas aos seus clientes e leads, e claro, é fundamental que tudo isso parta dos valores da sua empresa, é algo que começa de dentro e vai para fora.

Isso vale para estratégias de conteúdos, na criação de anúncios e no atendimento da sua empresa.

Eu falei desses aspectos nesse texto pois são eles que estão se destacando agora e vão continuar se destacando ainda mais no momento atual e no futuro do marketing digital. Atrelando os canais digitais com uma comunicação efetiva e humanizada o seu negócio vai performar muito bem nesse presente e vai estar preparado para o futuro. E como citei antes, se você não tem conhecimentos ou equipe para isso, pode entrar em contato conosco que podemos te ajudar nesse processo.

Leave a Reply