Olá, como vai? 🙂

Nesse post abordaremos siglas e conceitos utilizados quando falamos em Marketing Digital. Nossa ideia é fazer com que você, nosso cliente, possa entender um pouquinho melhor toda a terminologia de ponta adotada quando estamos falando daquilo que nos interessa.

Então, sem mais delongas, vamos lá:

 

Automação de Marketing – É o uso de tecnologias para automatizar ações e processos de marketing, reduzindo trabalhos manuais e aumentando a eficiência das ações. Por exemplo: automatização de posts, de e-mails e de gerenciamento de cadastros.

 

CAC (Custo de Aquisição de Clientes) – O quanto a empresa investiu para captar novos clientes. Calculado da seguinte forma: Investimento dividido por Clientes Captados. Um CAC saudável é menor ou igual ao retorno financeiro de cada cliente.

 

Conversão – Converter uma possibilidade em outra. Por exemplo: Um visitante do seu site em lead (cadastro), um lead em cliente, um cliente em uma venda, etc.

 

CPC (Custo por Clique) – Você só pagará quando o seu anúncio receber um clique do usuário. É o modelo utilizado, por exemplo, no Google Ads. Ou seja, na compra de palavras-chave nesse mecanismo de busca.

 

CPM (Custo por Mil Impressões) – O custo por mil acessos. Para que o seu anúncio tenha 1000 impressões – ou seja, possa ser visualizado por mil pessoas – os sites anunciantes precisam ter um tráfego considerável. Por isso, esse formato de precificação de campanhas é geralmente utilizado por grandes blogs e portais de notícias.

 

CRM (Customer Relationship Management) – Gestão de Relacionamento com o Cliente é um conjunto de estratégias que visam gerar e promover a interação entre a empresa e o seu consumidor.

 

CS (Customer Success) – A satisfação do cliente, onde fazemos de tudo para promover o sucesso na relação cliente / agência e entregar aquilo que você mais precisa de acordo com suas necessidades.

 

CSM (Customer Success Manager) – O Gerente do Sucesso do Cliente, a pessoa encarregada desta tarefa dentro da agência.

 

Domínio – É basicamente o nome do seu site. Exemplo: www.seusite.com.br.

 

Ferramenta de CRM – É a ferramenta que registra e organiza todos os pontos de contato entre as oportunidades obtidas por marketing digital e a empresa cliente durante o processo comercial. É focado no processo de vendas.

 

Funil de Vendas – É uma representação das etapas que um potencial cliente da sua empresa passa, desde o primeiro contato com o seu negócio até o fechamento da venda. Normalmente um funil de vendas é dividido em três etapas: topo de funil, meio de funil e fundo de funil. Essas etapas são divididas nos seguintes passos que os usuários atravessarão: Visitantes -> Leads -> Oportunidades -> Clientes. Ou seja, visitantes poderão tornar-se cadastros (leads), passando a serem oportunidades de vendas, e eventualmente, concretizando-se em clientes para sua empresa.

 

Google Ads – É a plataforma de publicidade do Google. Através deste serviço, anúncios são exibidos em forma de links patrocinados quando alguém realiza uma busca, seja por meio de computadores ou smartphones. Os anúncios são exibidos principalmente nos resultados de pesquisas, relacionados às palavras-chave usadas nessa busca. Existem também outros formatos de anúncios disponíveis no Google Ads, além da rede de pesquisa. Eles podem ser exibidos em forma de banners e vídeos, em áreas especiais e de visibilidade em diversos sites parceiros do Google.

 

Google Analytics – É um serviço oferecido de forma gratuita pelo Google. Essa ferramenta exibe estatísticas de visitação do seu site, a fim de aperfeiçoar suas campanhas de marketing e possibilitando o uso do Google Adsense. Com isso, é possível entender como o seu público se comporta.

 

GMN (Google Meu Negócio) –  É uma ferramenta gratuita, que ajuda você a gerenciar a presença da sua empresa na internet. Em outras palavras,  como ela aparece na Pesquisa do Google e no Google Maps. Através desta plataforma você poderá divulgar informações sobre sua empresa (o que inclui nome, local ou horário de funcionamento), adicionar fotos, responder comentários de clientes e saber como e onde as pessoas estão procurando pelo o que você oferece na web.

 

Inbound Marketing (Marketing de Atração) – É uma forma de publicidade on-line na qual uma empresa promove-se através de blogs, podcasts, vídeos, e-Books, newsletters, whitepapers, SEO (Search Engine Optimization ou Otimização de Buscas em Páginas) e outras formas de marketing de conteúdo. O Inbound Marketing se diferencia dos métodos tradicionais para atrair a atenção de potenciais clientes, pois não são feitas compras de espaços publicitários tradicionais.

 

Jornada de Compra – É um modelo utilizado para definir o estágio que um potencial cliente está ao longo do processo de compra. Existem quatro etapas: Aprendizado e Descoberta (o consumidor está descobrindo que há um problema que precisa ser solucionado); Reconhecimento do Problema (o consumidor se aprofundou mais no tema e percebe, de fato, que há um problema a ser solucionado); Consideração da Solução (Após pesquisar mais, o consumidor mapeou possibilidades e está considerando qual produto é a solução para seu problema) e Decisão de Compra (No final do processo, o consumidor termina sua análise e toma, por fim, sua decisão de compra).

 

Landing Pages (Páginas de Conversão) – São páginas de aterrissagem com formulários desenvolvidos, exclusivamente, com o propósito de obter dados de contato dos visitantes de um site ou blog, em troca de uma oferta ou benefício.

 

Leads – Mais facilmente explicado por cadastros. É o cadastro de um possível cliente gerado por formulários preenchidos em seu site e que contém dados para uso futuro. Facilita a transformação de um usuário interessado na sua empresa em um possível cliente.

 

Mecânica de Geração de Leads – Geração de leads é um termo de marketing usado para descrever a mecânica envolvida no interesse de um possível cliente num determinado produto ou serviço de sua empresa, utilizando o cadastro desse usuário em sua plataforma. Para isso são feitas ofertas interessantes para seus leads, seguindo processos de produção de conteúdos eficientes e selecionando canais para atrair o público alvo certo, como landing pages com alta taxa de conversão.

 

Outbound Marketing (Marketing Tradicional) – Tem como principal objetivo trazer clientes até sua empresa, oferecendo produtos e serviços. A ideia, nesse método mais tradicional, é ir atrás do cliente ativamente e não necessariamente gerar o interesse dele na empresa. Por ser um método mais antigo, os meios utilizados de promoção de marketing consistem em propagandas no rádio, TV, jornais, revistas, outdoors, cartazes, telemarketing, etc.

 

RD Station Marketing (RDSM) – É uma ferramenta para automação de Marketing Digital tudo em um. Isso significa que ela reúne os principais recursos para realizar uma estratégia de Marketing Digital em um só lugar, e você pode fazer diferentes ações em um único software, com mais eficiência e produtividade.

 

RTS (Revisão Trimestral de Sucesso) – É uma reunião de revisão formal, realizada de forma presencial ou por videoconferência, entre um ou mais tomadores de decisão de sua empresa e o responsável pela nossa agência. Esta é uma prática para avaliar o alcance do objetivo do cliente (você) e analisar o desempenho do último período.

 

SEO (Otimização de Buscas em Páginas) – Importante para otimizar e avaliar suas páginas na web focando em atrair mais clientes.

 

Subdomínio – Serve para encaminhar URLs ou apontar os endereços de IP dentro da sua hospedagem. É aquela porção de letras que fica antes do primeiro ponto, muitas vezes o famoso “www”. Normalmente é utilizado para levar a uma área interna de um website, direcionando o usuário para uma experiência diferenciada, como um blog ou loja virtual. Por exemplo: www.blog.seusite.com.br.

 

White Label – É um modelo de negócio onde uma plataforma de e-commerce permite que outras empresas explorem comercialmente sua tecnologia e ofereçam serviços de lojas virtuais com marca própria terceirizando toda tecnologia e infraestrutura de TI.

 

Whitepapers – Uma estratégia de marketing onde sua empresa publica documentos esclarecedores sobre assuntos relacionados a seu negócio a fim de solucionar determinadas questões.

 

Esperamos que com este post, pudemos esclarecer algumas de suas dúvidas quanto às siglas e os conceitos mais utilizados em Marketing Digital. Até a próxima!

 

João Francisco Biacchi – Redator de Publicidade da Ozorio Design Digital